Laboratório de Comercialização da Agricultura Familiar
  • Resultado do Processo Seletivo de Bolsa de Extensão das Células de Consumidores Responsáveis

    Publicado em 07/03/2020 às 14:48

    Divulgamos o resultado do Processo Seletivo de Bolsista para o Projeto das Células de Consumidores Responsáveis. A equipe do Laboratório de Comercialização da Agricultura Familiar parabeniza a todos que participaram do processo e dá boas vindas ao selecionado como bolsista e também aos voluntários!!!

    Acesse as notas finais e o resultado da seleção probolsas 2020 clicando aqui.


  • Processo Seletivo para o Projeto de Extensão das Células de Consumidores Responsáveis

    Publicado em 02/03/2020 às 18:48

    Está aberto o Processo Seletivo para 01 vaga de bolsista no Projeto das Células de Consumidores Responsáveis intitulado: “Abastecimento de alimentos agroecológicos na Grande Florianópolis: uma tecnologia social de venda direta”.

    Segue abaixo o  link do Edital com todas os prazos e informações necessárias!

    Acesse o link do edital clicando aqui.


  • Escola de Verão PROCOAS 2020

    Publicado em 27/02/2020 às 17:29

    Durante a semana passada,entre os dias 17 a 22 de fevereiro ocorreu a quarta edição da Escola de Verão do Comitê Acadêmico de Processos Cooperativos e Associativos (PROCOAS) da Associação de Universidades do Grupo Montevideo (AUGM).

    A Rede AUGM reúne um total de 39 Universidades Públicas da Argentina, Bolívia, Brasil, Chile, Paraguai e Uruguai. O Comitê PROCOAS é o grupo técnico-acadêmico destinado a abordar e promover, com enfoque multi e interdisciplinar, as temáticas da cooperação, associativismo e economia solidária. Nesse espaço, as Escolas de Verão se organizam visando reforçar as ações sociais e pesquisas da Rede AUGM com foco nos processos cooperativos e associativos. Para essa edição o título da Escola foi “Processos Cooperativos e Associativos em Dinâmicas de Desenvolvimento Rural”. Ao longo dos seis  dias foram compartilhados espaços para a apresentação e intercâmbio de resultados de pesquisas e experiências relacionadas a temática nos diferentes países de origem dos participantes, além de conhecerem diversas experiências desenvolvidas no Estado. Para isso foram implementadas palestras, mesas redondas e visitas de campo por diferentes municípios catarinenses. Na escola participaram 40 estudantes de graduação e pós-graduação de de 23 Universidades públicas de Argentina, Brasil, Colômbia, Paraguai e Uruguai, assim como 5 professores de Argentina, Brasil, Chile e Uruguai.

    A organização desta edição da Escola foi liderada pelo Laboratório de Comercialização da Agricultura Familiar (LACAF) da UFSC, junto com o Laboratório de Estudos da Multifuncionalidade Agrícola e do Território (LEMATE) e o Laboratório de Educação do Campo e Estudos da Reforma Agrária (LECERA). Na UFSC, a Pró-reitoria de Extensão, a Secretaria de Relações Internacionais e o Programa de Pós-graduação em Agroecossistemas deram o suporte institucional na organização do evento. A atividade foi credenciada como disciplina de nível de Mestrado e Doutorado acadêmico no Programa de Pós-Graduação em Agroecossistemas da Universidade Federal de Santa Catarina e contou com o apoio da Fundação de Amparo á Pesquisa e Inovação do Estado de Santa Catarina (FAPESC),  da Secretaria de Relações Internacionais da UFSC (SINTER), e da Pró-Reitoria de Assuntos Estudantis da UFSC (PRAE).

    Para além dos universitários envolvidos, a Escola propõe se constituir como um espaço de debate, troca de experiências e conhecimentos junto com as instituições e organizações da sociedade civil que constroem ações cooperativas e associativas para o desenvolvimento rural em diferentes municípios do Estado de Santa Catarina. Nesse sentido suas atividades foram desenvolvidas nas seguintes locações: Centro de Ciências Agrárias da UFSC, na cidade de Florianópolis; Escola de Ensino Básico 25 de maio, do assentamento Vitória da Conquista no Município de Fraiburgo; Cooperativa de Crédito Rural com Interação Solidária do Vale Europeu (CRESOL Vale Europeu), no município de Águas Mornas. Também houveram atividades nos municípios de Lages e Alfredo Wagner. Em cada local foram organizadas atividades de formação e troca abertas à participação das comunidades locais.

    Equipe Organizadora da Escola de Verão PROCOAS 2020.

       


  • Escola de Verão “Processos Cooperativos e Associativos em Dinâmicas de Desenvolvimento Rural”

    Publicado em 12/02/2020 às 10:18

    Entre os dias 17 e 22 de fevereiro de 2020 terá lugar na Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) a quarta edição da Escola de Verão do Comitê Acadêmico de Processos Cooperativos e Associativos (PROCOAS) da Associação de Universidades do Grupo Montevideu (AUGM). A Rede AUGM reúne um total de 39 Universidades Públicas da Argentina, Bolívia, Brasil, Chile, Paraguai e Uruguai. No caso de seu Comitê PROCOAS é o grupo técnico-acadêmico destinado a abordar e promover, com enfoque multi e interdisciplinar, as temáticas da cooperação, associativismo e economia solidária.
    Essa próxima edição da Escola terá como sede a UFSC e o Laboratório de Comercialização da Agricultura Familiar (LACAF) na coordenação. Nela participarão 35 estudantes de graduação e pós-graduação das universidades públicas dos distintos países integrantes da AUGM, assim como 5 professores palestrantes convidados dessas universidades.
    A Escola propõe se constituir como um espaço de debate, troca de experiências e conhecimentos junto com as instituições e organizações da sociedade civil que desenvolvem ações cooperativas e associativas para o desenvolvimento rural em diferentes municípios do Estado de Santa Catarina.
    Para isso serão organizadas palestras, mesas redondas e de debate, visitas a campo e trabalhos em grupos. Durante os seis dias da Escola, se percorrerá distintos municípios do Estado de Santa Catarina, com atividades previstas em: Águas Mornas, Alfredo Wagner, Florianópolis, Fraiburgo, Lages e São José do Cerrito.
    O processo seletivo dos participantes já foi finalizado, porém todas as atividades são abertas ao público.

    Mais informações no site do evento: evprocoas2020.ufsc.br.

    Para retirar dúvidas contatar e-mail: evprocoas20202@gmail.com.

     


  • Resultado da Seleção de Bolsista de Férias para o Projeto das Células de consumidores Responsáveis

    Publicado em 17/12/2019 às 11:26

    O Laboratório de Comercialização da Agricultura Familiar vem divulgar o resultado  do processo seletivo para bolsa de extensão emergencial no Projeto das Células de Consumidores Responsáveis. 

    Tivemos apenas uma estudante inscrita no processo seletivo. Sendo assim, selecionada para a vaga de bolsa, após a análise dos documentos solicitados. A estudante selecionada foi:

    Marina Corrêa Lopes 

    A estudante selecionada deve comparecer a sala do professor Oscar José Rover para formalizar a ocupação da vaga.

    Atenciosamente,

    Equipe Lacaf


  • Bolsa de Extensão de Férias Célula de Consumidores Responsáveis

    Publicado em 06/12/2019 às 14:57

    O LACAF vem divulgar:

     

    01 uma  vaga de bolsa de extensão no período das férias de 2020, nos meses de janeiro e fevereiro. O (a) bolsista irá atuar no Projeto das Células de Consumidores Responsáveis, auxiliando na comunicação entre consumidores e os grupos de agricultores, acompanhando o e-mail do projeto, auxiliando a divulgação do projeto nas redes socais e página do Lacaf, entre outras atividades.

    A bolsa será no valor de R$ 420,00 para o período de 02 meses, iniciando em 01/01/2020 até 29/02/2020.

    Interessados enviar e-mail  até dia 13/12 (sexta-feira), com as informações abaixo para: lacafcca.ufsc@gmail.com

    Carta de Interesse
    Atestado de matrícula
    Histórico síntese (com IAA)

    Atenciosamente,

    Equipe Lacaf

     

     


  • Escola de Verão PROCOAS 2020 “Processos Cooperativos e Associativos em Dinâmicas de Desenvolvimento Rural”

    Publicado em 14/11/2019 às 11:01

       Entre os dias 17 e 22 de fevereiro de 2020 terá lugar na Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) a quarta edição da Escola de Verão do Comitê Acadêmico de Processos Cooperativos e Associativos (PROCOAS) da Associação de Universidades do Grupo Montevideu (AUGM). A Rede AUGM reúne um total de 39 Universidades Públicas da Argentina, Bolívia, Brasil, Chile, Paraguai e Uruguai. No caso de seu Comitê PROCOAS é o grupo técnico-acadêmico destinado a abordar e promover, com enfoque multi e interdisciplinar, as temáticas da cooperação, associativismo e economia solidária.

       Essa próxima edição da Escola terá como sede a UFSC e o Laboratório de Comercialização da Agricultura Familiar (LACAF) na coordenação. Nela participarão 35 estudantes de graduação e pós-graduação das universidades públicas dos distintos países integrantes da AUGM, assim como 5 professores palestrantes convidados dessas universidades.
    A Escola propõe se constituir como um espaço de debate, troca de experiências e conhecimentos junto com as instituições e organizações da sociedade civil que desenvolvem ações cooperativas e associativas para o desenvolvimento rural em diferentes municípios do Estado de Santa Catarina.

       Para isso serão organizadas palestras, mesas redondas e de debate, visitas a campo e trabalhos em grupos. Durante os seis dias da Escola, se recorrerá distintos municípios do Estado de Santa Catarina, com atividades previstas em: Águas Mornas, Alfredo Wagner, Florianópolis, Fraiburgo, Lages e São José do Cerrito.
    No caso dos estudantes de pós-graduação que participem, poderão acreditar a Escola como disciplina no Programa de Pós-graduação em Agroecossistemas da UFSC.
    Todas as informações necessárias para a inscrição, estão no texto da Convocatória.

    Para maiores informações e inscrição, acesse o site do evento: http://evprocoas2020.ufsc.br/


  • MiniDOC produzido pelo Luta – Laboratório da Utopia da UFSC sobre a Célula de Consumidores Responsáveis

    Publicado em 28/03/2019 às 10:01

    Luta – Laboratório da Utopia da UFSC, produziu um miniDOC, sobre a Célula de Consumidores Responsáveis mostrando esse lindo projeto que vem sendo construído juntamente com agricultores e consumidores. O miniDOC apresenta a parceria entre LACAF e a associação de produtores orgânicos de Imbuia – SC AGRODEA (Agroecologia, Desenvolvimento e Educação Ambiental), responsáveis pelo abastecimento de algumas da Células de Consumidores Responsáveis em Florianópolis. Agradecemos a equipe produtora do miniDOC, por compartilhar esta experiência que busca mudar a relação entre produtor e consumidor!

     


  • Projeto do Centro Vianei de Lages, em parceria com o Laboratório de Comercialização da Agricultura Familiar (LACAF) e o Programa de Pós Graduação em Agroecossistemas (PPGA) da UFSC é premiado pelo Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES)

    Publicado em 17/05/2018 às 8:47

    O Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), o Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (IPHAN), a Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa) e a Organização das Nações Unidas para a Alimentação e Agricultura (FAO) abriram no final de 2017 um edital nacional denominado Prêmio BNDES de Boas Práticas para Sistemas Agrícolas Tradicionais (SAT). O prêmio tem como objetivo geral “reconhecer e divulgar boas práticas de salvaguarda e conservação dinâmica de bens culturais imateriais associados à agrobiodiversidade e à sociobiodiversidade presentes nos Sistemas Agrícolas Tradicionais no Brasil, bem como visa promover os sistemas de uso do ambiente, paisagens e estratégias agroalimentares de agricultores familiares e de povos e comunidades tradicionais brasileiras” (Edital BNDES, 2017).

     A Associação Vianei (AVICITECS), foi premiada pelo trabalho realizado pelo projeto, “promoção e fortalecimento da cadeia produtiva do pinhão na Serra Catarinense”. Esse projeto foi financiado pelo Fundo Brasileiro para a Biodiversidade (FUNBIO) e tem como grupo detentor do SAT o Núcleo Planalto Serrano da Rede Ecovida de Agroecologia. As ações do projeto ocorreram durante os anos de 2013 a 2015 na Serra Catarinense. Os municípios onde ocorreram ações foram Lages, São Joaquim, Painel, Urubici, Bom Retiro, Bocaina do Sul, Correia Pinto, São José do Cerrito, Cerro Negro, Campo Belo do Sul, Anita Garibaldi. O SAT objeto da premiação é o Sistema Agroflorestal (SAF) tradicional para produção de pinhão.

    O LACAF/UFSC assessorou o Centro Vianei e as entidades que compõem o Núcleo Planalto Serrano nas atividades da cadeia produtiva, relacionadas à comercialização do pinhão. Além do Lacaf, foram parceiros deste projeto a Cooperativa Ecológica Ecoserra, o Consórcio Intermunicipal Serra Catarinense (CISAMA), Rede Ecovida de Agroecologia, Núcleo Planalto Serrano da Rede Ecovida, Fortaleza SlowFood do Pinhão da Serra Catarinense e a agência de cooperação alemã Misereor. Neste contexto, vem se desenvolvendo uma tese de doutorado junto ao PPGA/UFSC com objetivo de qualificar qual a contribuição que o extrativismo do pinhão pode proporcionar na promoção da biodiversidade e no desenvolvimento da agricultura familiar do Planalto Serrano Catarinense.

    O objeto desta premiação foi o reconhecimento de quinze ações consideradas boas práticas de salvaguarda e conservação dinâmica de SAT.

    O edital considera como SAT oconjunto de elementos desde os saberes, mitos, formas de organização social, práticas, produtos, técnicas e artefatos e outrasmanifestações associadas, formando sistemas culturais que envolvem espaços, práticas alimentares e agroecossistemas manejados por povos e comunidades tradicionais e poragricultores familiares. As dinâmicas de produção e reprodução dos vários domínios da vidasocial que ocorrem nesses sistemas, ao longo das vivências e experiências históricas, orientamprocessos de construção de identidades e contribuem para a conservação da biodiversidade,podendo, assim, fazer parte do patrimônio cultural imaterial brasileiro (Edital BNDES, 2017).

    O edital considera como ação de salvaguarda e conservação dinâmica de SAT, “ações desenvolvidas em SAT, que promovam: (i) o equilíbrio entre conservação, uso emanejo da biodiversidade e desenvolvimento socioeconômico sustentável e (ii) a viabilidade esustentabilidade das práticas culturais tradicionais associadas à manutenção do SAT e queintegram o patrimônio cultural imaterial das comunidades. Tem como pressuposto aparticipação e o envolvimento efetivos da comunidade e o apoio à construção da autonomia dacomunidade detentora do bem cultural” (Edital BNDES, 2017).


  • Centro de Ciências Agrárias é referência na produção de conhecimento para a Agroecologia

    Publicado em 14/06/2017 às 21:16

    Centro de Ciências Agrárias da UFSC, Cepagro e Rede Ecovida no fortalecimento da Agroecologia.

    Reportagem no Portal de notícias da UFSC:

    Centro de Ciências Agrárias é referência na produção de conhecimento para a Agroecologia